top of page
  • Foto do escritorMarcelo Vedolin

Elon Musk ganha US$ 56 bilhões da Tesla

Num movimento de grande repercussão, os acionistas da Tesla aprovaram nesta quinta-feira um controverso pacote de remuneração em ações no valor de US$ 56 bilhões para o CEO Elon Musk, após uma votação acirrada sobre sua liderança na montadora.


O veredito emerge após meses de intensas batalhas jurídicas e políticas, nas quais Musk lutou para assegurar o que se tornou o maior pacote de compensação já concedido a um executivo de uma empresa de capital aberto nos Estados Unidos.

Elon Musk ganha US$ 56 bilhões da Tesla.

Em janeiro, um tribunal em Delaware invalidou o pacote, citando a falta de independência do conselho de administração da Tesla em relação à influência de Musk, qualificando o processo como ilegítimo.


Em resposta, Musk e o conselho da Tesla mobilizaram os acionistas, destacando que a não aprovação poderia levar ao afastamento do carismático CEO.


Na véspera da votação, Musk expressou confiança, afirmando possuir o apoio majoritário dos investidores.


Elon Musk: Apoio majoritário dos investidores.

Notavelmente, grandes acionistas institucionais, como o fundo soberano da Noruega e o fundo de pensão dos professores do estado da Califórnia, manifestaram sua oposição ao pacote.


Apesar disso, a proposta foi aprovada, refletindo a divisão e a complexidade das relações entre liderança corporativa e investidores.


Além do pacote de remuneração, os acionistas ratificaram a mudança da sede legal da empresa de Delaware para o Texas, conforme anunciado pela Tesla.


Este movimento simboliza uma nova era para a empresa, marcando uma transição significativa em sua estratégia corporativa e localização operacional.


O desfecho dessa votação não apenas reafirma a posição de Musk na Tesla, mas também sublinha a contínua influência e controvérsia que cercam sua figura no cenário corporativo global.

コメント


bottom of page